PORTO DO FORNO PARCELA DÍVIDAS, PAGA FUNCIONÁRIOS E FECHA ANO NO AZUL

06 DEZ 2017
06 de Dezembro de 2017

Depois de aderir ao Refis e parcelar dívidas, o Porto do Forno, em Arraial do Cabo,  pagou o 13º salário dos funcionários na última sexta-feira (01) e conseguiu equilibrar as contas para fechar o ano no azul. A administração entrou na justiça com uma petição para resgatar uma quantia de quase R$ 1,5 milhão que estava bloqueada na Caixa Econômica Federal. A verba estava retida desde 2014, quando foi penhorada pela gestão anterior, devido a uma dívida de quase R$ 20 milhões com a União.

Segundo a Coordenadora Jurídica, Andreza Lima, o Porto do Forno entrou com a petição, devido às dificuldades financeiras que vem enfrentando, e conseguiu resgatar esse valor que foi utilizado para pagamento dos funcionários. Ainda de acordo com ela, todas as tentativas anteriores de retirada desse dinheiro haviam sido indeferidas.

O Porto do Forno possui cerca de 80 funcionários que receberam na sexta-feira (01), o pagamento de novembro mais um adiantamento de dezembro e o 13º salário.

Para o próximo ano, o Presidente do Porto, Oscar Victorino, afirma que as perspectivas são as melhores. Além de uma emenda no valor de R$ 1 milhão, prevista para fevereiro, também está programado a finalização de um contrato de locação de área com a Petrobrás.

Voltar