PLANO PARTICIPATIVO DE MOBILIDADE URBANA SUGERE CICLOVIAS PARA SOLUCIONAR PROBLEMAS DE TRÂNSITO EM CABO FRIO

11 ABR 2018
11 de Abril de 2018

Lançado em junho do ano passado, o Plano Participativo de Mobilidade Urbana de Cabo Frio tem sua próxima reunião marcada para o dia 18, com o trade turístico da cidade. O projeto tem a missão de resolver o complicado trânsito e propor soluções para questões de locomoção. Para isso, de acordo com o secretário de Mobilidade Urbana de Cabo Frio, Mauro Branco, um dos pontos fundamentais a serem explorados no plano serão as ciclovias. O coordenador do projeto, Leandro Knopp, é outro defensor da proposta. Segundo eles, Cabo Frio tem características geográficas e culturais favoráveis ao uso da bicicleta como meio de transporte opcional – por ser uma cidade plana, as distâncias serem curtas e chover pouco. Entretanto, a cidade conta com poucas ciclovias e vias similares que se conectam, o que leva os ciclistas a se arriscarem entre os carros no meio do trânsito. O coordenador do projeto também ressalta a importância de que as vias estejam conectadas já que, segundo ele, as que a cidade dispõe atualmente “ligam nada a lugar nenhum”. Por isso, segundo Leandro Knopp, o plano prevê investimentos neste setor, com a criação de uma rede de ciclovias que atinja todos os bairros da cidade.

Voltar