A PARTIR DE JULHO, TRABALHADOR PODERÁ TRANSFERIR CONTA SALÁRIO PARA FINTECHS

16 MAI 2018
16 de Maio de 2018

A partir de 1º de julho, o trabalhador que desejar transferir seu salário para uma conta não bancária, conhecida como conta de pagamento, terá poucas opções disponíveis, por enquanto. De mais de 100 instituições que oferecem este tipo de conta, apenas sete são reguladas pelo Banco Central e, por isso, ficarão autorizadas a fazer a transação. A portabilidade do salário é o direito de transferir no mesmo dia, de forma automática e gratuita, a remuneração paga pelo empregador para uma conta diferente daquela usada para depositar o salário. Pela regra anterior, a conta salário só podia ser transferida de banco para banco. A novidade é que o BC decidiu que será possível transferir este dinheiro, sem custo, também para as contas de pagamento, operadas por instituições não financeiras, como fintechs e emissoras de cartões de crédito. Neste caso, as contas de pagamento são uma opção para quem não tem conta corrente. Isso porque, mesmo fora dos bancos, elas permitem movimentar o dinheiro, pagar contas e fazer compras com cartões. No entanto, existem limitações, como obter crédito e fazer investimentos .

 

Voltar