LUCRO DOS BANCOS TEM CRESCIMENTO DE 14,2% NO PRIMEIRO TRIMESTRE DO ANO 

17 MAI 2018
17 de Maio de 2018

Depois de encerrado, o período de divulgação obrigatória dos balanços trimestrais das empresas de capital aberto, a consultoria Economática concluiu que o lucro de 290 empresas de capital aberto no primeiro trimestre totalizou R$ 50,82 bilhões, indicando alta de 7,4% em relação ao mesmo período do ano anterior, de R$ 47,31 bilhões. Conforme os cálculos da consultoria, o setor de bancos liderou os ganhos e Petrobras foi a mais lucrativa. A Economática, destaca que o crescimento poderia ser maior, se a Eletrobras não fizesse parte da amostra (em 2017, a estatal lucrou R$ 1,3 bilhões no primeiro trimestre e agora apenas R$ 3,1,8 milhões. Sem a Eletrobras, as empresas de capital aberto teriam lucrado 10,6% mais no primeiro trimestre no comparativo anual. Porém, a Petrobras, a mais lucrativa em 2018, com R$ 6,961 bilhões (á frente dos R$ 6,289 bilhões do Itaú Unibanco) teve prejuízo de R$ 5,477 bilhões no primeiro trimestre de 2017. O setor com maior lucro acumulado no primeiro trimestre de 2018, com 21 instituições, foi o de bancos: os ganhos somados atingiram R$ 17,6 bilhões, crescimento de R$ 2,185 bilhões ou 14,2%. Ou seja, um aumento quase o dobro da variação da de 7,42% das empresas. O lucro dos bancos seria maior se incluísse os ganhos da Caixa. Mas, como a empresa não é uma S.A., não apresentou os números.

Voltar