“Brazilian Storm” fatura quatro títulos mundias no surf em 6 anos

 em Esportes

A “Tempestade Brasileira” no surf, como pode ser traduzida a espécie de apelido coletivo, conquistou quatro dos últimos seis títulos do circuito masculino, além de manter os brazucas no pódio nos dois anos em que não foi campeão. Vamos recapitular:
Em 2014, o campeão foi o Gabriel Medina; já em 2015 o título ficou com Adriano de Souza.

Nos dois anos seguintes não houveram campeões verde-amarelo, mas Gabriel Medina subiu ao pódio ficando em 3º lugar em 2016 e em 2º em 2017. Já em 2018, Medina acabou com o jejum e foi o campeão. No ano de 2019, a final foi decidida entre Medina e Ítalo Ferreira, e quem levou a melhor foi o surfista potiguar Ítalo Ferreira.

No ano passado, o campeonato foi cancelado devido a pandemia. Mas, neste ano de 2021, vamos aguardar mais um ano de “Brazilian Storm”.

Postagens Recentes

Comece a digitar e pressione Enter para pesquisar

Clique aqui  para ouvir nossa programação
Baixar APP
close-image
Clique aqui  para ouvir nossa programação